quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Excentricidades














No meu olhar incolor
há uma vida
onde linhas paralelas
se projetam.

No silêncio da minha voz
ecoa o fado
de destinos transversais
que em mim se cruzam.


No dizer da minha mão
solta-se o eco
destronando
o limiar do indizível.

Nos meandros de mim
há precipícios
por onde os sentidos
se desprendem.




Maria da Fonte
Imagem da internet

24 comentários:

  1. Mistérios de um Eu Poético mais profundo do que o eco das palavras no silêncio de precepícios.
    Maravilhoso poema Manuela.
    Muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  2. LINDÍSSIMO!!!

    PARABÉNS!!!
    BOM FIM DE SEMANA!!!

    1 BEIJO LÍDIA

    ResponderEliminar
  3. Amiga,
    Absolutamente maravilhoso o seu poema.
    Parabéns pela sua sublime inspiração.
    Beijinhos.Ailime

    ResponderEliminar
  4. Tenha um domingo belo como a poesia que os anjos te inspiram. Abraços!

    Bíndi e Ghost

    ResponderEliminar
  5. Sopram ventos de melancolia
    Transparente é o cinza que a tua alma encerra

    A minha pobreza é a falta de um par de asas
    Encontrei um lugar de reinvenção das sombras
    Pensei virar as costas ao tempo e ao deslumbramento
    E aí houve estranhamente o amanhecer das minhas palavras

    E passei para te deixar


    Um mágico beijo

    ResponderEliminar
  6. OBRIGADO MARIA PELA SUA VISITA,

    PELA APRECIAÇÃO ÁS MINHAS CABACINHAS!!!

    O POEMA É LEVE PARA CRIANÇAS, ESTOU A PREPARAR UM LIVRO PARA CRIANÇAS, COM HISTÓRIAS POETICAMENTE CONTADAS.

    TENHO NETOS EM IDADE PARA ESTAS LEITURAS, POR ISSO VOU IRÁ FAZER PARTE!!!

    JÁ NÃO SERÁ PUBLICADO ESTE ANO!!!

    1 BEIJO LÍDIA

    ResponderEliminar
  7. Estou completamente seduzido pela tua poesia. Quanto mais te leio mais te admiro.
    Querida amiga, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  8. Maria, belíssimo poema! Haverá sempre um cais, um Norte e um porto seguro. Os sentidos se desprendem como pássaros. Lindo!Bjs

    ResponderEliminar
  9. Uma poesia lindíssima que
    encanta em cada sonoridade
    Maravilhosa Maria
    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Oi , Maria !
    A poesia sempre vale a pena !

    Um beijo !

    ResponderEliminar
  11. Antes da excentricidade, dada a minha longa ausência, li outros maravilhosos escritos poéticos que saciaram a sede de minh'alma. Sinto-me bem, vindo a esta fonte, Maria!
    Obrigada! Beijo!

    ResponderEliminar
  12. Gostei muito desta sua poesia. Um beijinho.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  13. Maravilhoso e muito nostálgico querida amiga, como tudo o que escreve. Li, reli e não me canso. Amei demais. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  14. Lindo este poema
    Em cada pessoa existe um mundo, difícil de explicar ou de entender e por vezes nem o próprio consegue viver...

    ResponderEliminar
  15. Que poema maravilhoso!
    O olhar criar duas retas paralelas que nunca se encontram, por isso o futuro nos é inacessível, mas a nossa voz rebate sobre si mesma como as lembranças e o passado, e mesmo o silêncio se projeta em si mesmo e, assim, nunca conseguimos nos livrar do que fomos. Eis então formada a dúvida que sobre nós mesmos, mas estas se dispersam ante a imensidão de desvãos que há tanto num planalto como na alma. É nas ravinas de nós mesmso que correm os rios de vida que nos revolvem e nos projetam para frente.

    Beijos

    ResponderEliminar
  16. Olá Maria, boa tarde!
    Com satisfação venho lhe convidar para participar do 1º CONTOS E PROSAS do Vendedor de Ilusão. Veja a notícia no blog e saiba das condições e as datas da realização do evento.
    Esperando que se anime a participar enviando sua criação, deixo meu abraço.
    Até mais!

    ResponderEliminar
  17. Reli o teu excelente poema, mas vinha à procura de um novo... A inspiração e/ou o tempo nem sempre facilita o dizer da tua mão, por certo...
    Querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  18. AGRADECENDO A VISITA!!!

    MARIA MINHA QUERIDA SÓ POSSO AGRADECER!!!

    OBRIGADO PELO ELOGIO!!!

    EM TUDO NA VIDA LEVA A MINHA FORÇA A FAZER E VENCER!!!
    SOU AUTODIDACTA EM QUASE TUDO NA VIDA, EXCETO NA MINHA PROFISSÃO QUE APESAR DE FAZER CURSO E FORMAÇÃO TARDE, SÓ POR ISSO ME
    CONSIDERO UMA VENCEDORA... O RESTO ATIREI-ME, VI, FIZ E VENCI!!!

    NA ESCRITA SOU COMPLETAMENTE, NUNCA TIVE BASES DE FORMAÇÃO MAS CONSIGO FAZER E DIZER UMAS COISINHAS!!!

    1 BEIJINHO MINHA QUERIDA, TUDO DE BOM!!!

    LÍDIA

    ResponderEliminar
  19. Olá amiga, passei para ver se havia novidades e como não há, reli tão belo poema. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  20. Gostei.
    Parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderEliminar
  21. Querida amiga e poetisa!
    Perdoa-me a invasão, mas seu Blog. me foi citado por um amigo e resolvi visitá-la. Ele é lindo bem como as suas poesias. Adorei. Está de parabéns. Já sou seu seguidor.
    Beijos de luz !!!

    POETA CIGANO - 31/10/2012

    http://carlosrimolo.blogspot.com

    ResponderEliminar
  22. Um poema que diz tanto...Parabéns!
    Beijocas
    Graça

    ResponderEliminar
  23. Olá cara amiga, bom dia aqui, boa tarde aí!
    Venho para, além de deixar meus votos de um final de semana esplendoroso, registrar meu orgulho e satisfação por ter demonstrado interesse em participar do meu evento enviado seu texto. Estejas certa de que sua participação irá abrilhantar e enriquecer o 1º Contos e Prosas.
    Muito obrigado!

    ResponderEliminar
  24. Boa noite. Traçaste um poema de se fechar os olhos e de longe imaginar.
    Na utopia que só a poesia se faz possível.
    Parabéns pelo blog e pelo poema.
    Abraço.

    ResponderEliminar